Buscar

10 motivos para o atraso menstrual

A maioria das mulheres pensa logo em gravidez quando há algum atraso na menstruação. Mas dezenas de outras causas podem levar a alteração do ciclo menstrual, antecipando, atrasando ou até mesmo suspendendo a ovulação. Em geral, poucos dias de atraso não são relevantes e podem ocorrer até mesmo em mulheres que têm um ciclo regular. Pode ser apenas estresse, erro de cálculo, mudanças no método contraceptivo ou mesmo ansiedade por medo de engravidar – fatores mais comuns para um atraso casual.

Mas se a menstruação atrasa por vários dias ou não desce por meses consecutivos e a gravidez está descartada, é preciso investigar a causa.

Confira alguns motivos que podem interferir no ciclo menstrual:


  1. Infecções ou doenças – Infarto, tuberculose, hepatite e até mesmo viroses comuns como gripe ou infecções simples como cistite ou amigdalites podem bastar para desregular o seu ciclo menstrual;

  2. Medicamentos – Alguns remédios podem alterar o ciclo menstrual. Entre os mais comuns estão: corticoides, antidepressivos, antipsicóticos, imunossupressores, anti-hipertensivos. O uso de antibióticos, em geral, não provoca atraso menstrual. O que habitualmente interfere na menstruação é a infecção para a qual o antibiótico foi prescrito;

  3. Perda de peso excessiva ou distúrbios alimentares – Nas situações de consumo insuficiente de calorias, o corpo desvia a energia dos processos produtivos para priorizar outras funções mais importantes. O mesmo acontece em mulheres com anorexia, por exemplo;

  4. Obesidade – Mulheres com excesso de peso possuem grande massa de tecido gorduroso, o que provoca excessiva produção de estrogênio, hormônio feminino necessário para a ovulação, mas que em excesso inibe a ovulação;

  5. Dietas muito restritivas – Mesmo mulheres com massa corporal normal, mas que fazem restrições alimentares específicas como ingestão de pouca gordura, muita fibra e carboidrato, também podem ter irregularidade menstrual;

  6. Excesso de atividade física – O gasto calórico elevado, o estresse dos treinos intensos e a baixa taxa de gordura corporal são responsáveis por alterações no ciclo menstrual. Isso ocorre quando o exercício é excessivo e a ingestão calórica não é suficiente. Exercícios regulares, com uma dieta adequada não interferem no ciclo menstrual;

  7. Problemas na tireoide – Uma tireoide que funciona mal (hipotireoidismo) ou em excesso (hipertireoidismo) também pode alterar o ciclo menstrual;

  8. Menopausa – Se você tem mais de 35 anos e sua menstruação começar a falhar com frequência, procure sua ginecologista. A menopausa geralmente chega entre os 45 e 55 anos, mas algumas mulheres podem entrar nesta fase antes mesmo de completar 40 anos;

  9. Síndrome dos Ovários Policísticos – Mulheres com Síndrome dos Ovários Policísticos apresentam frequentemente menstruação irregular, por produzirem hormônios androgênios (hormônios masculinos) em excesso;

  10. Início recente de ciclo menstrual – Atraso menstrual nesta fase é extremamente comum. Pode levar até 2 anos para que o sistema reprodutor esteja maduro e o ciclo menstrual, regulado.


Nathalie Raibolt

www.facebook.com/dranathalieraibolt

106 visualizações