Buscar

Reposição de testosterona NÃO É indicada para mulheres jovens

Atualizado: 25 de jul. de 2019

O diagnóstico de "baixa testosterona" é um assunto controverso no meio médico. Todas as mulheres têm a presença do hormônio masculino no sangue em níveis muito mais baixos que nos homens. O que não significa que isso é um problema. De fato, apenas 1% das mulheres vai apresentar alguma deficiência relevante desse hormônio, que justifique a terapia hormonal. 

Embora muitas mulheres fiquem seduzidas com os possíveis efeitos da reposição de testosterona na libido, na verdade há mais chances de ocorrer efeitos colaterais do que uma grande melhora no desejo sexual. Isso, porque a sexualidade feminina é complexa! A testosterona está envolvida, sim, na busca sexual, mas ter vontade ou não de se engajar sexualmente tem relação com diversos fatores e não somente com os hormônios.  


NÃO HÁ RELAÇÃO ENTRE TESTOSTERONA E PERDA DO DESEJO SEXUAL


Muita gente não sabe, mas a dosagem de testosterona NÃO ESTÁ INDICADA para o diagnóstico do Transtorno do Interesse/Excitação Sexual Feminino - quadro que caracteriza uma perda importante do desejo sexual.  E, de fato, estudos que avaliam a função sexual feminina, em comparação com a concentração de testosterona no sangue, mostram que não há diferença no que diz respeito à resposta sexual e à quantidade desse hormônio medida no sangue das mulheres.

Tratamentos hormonais propagados atualmente, como a modulação hormonal e o chip da beleza - do qual falei aqui recentemente - se tornaram a bengala da mulher moderna. Ela culpa os níveis de testosterona por não querer ter relação, por não ter disposição, por não conseguir emagrecer... mas não analisa como é seu estilo de vida, a qualidade do seu relacionamento, se está sobrecarregada com o trabalho, com a família, se dorme bem.  Isso tudo tem um grande impacto na energia e no desejo.


Os hormônios podem até ajudar, mas têm efeitos colaterais, aumentam o risco de doenças graves e, vale ressaltar que VOCÊ NÃO VAI PODER USAR PARA SEMPRE. 

Por isso, quero deixar claro que mulheres jovens (que não estão na menopausa), saudáveis e que não fazem uso de medicação NÃO TÊM DEFICIÊNCIA DE TESTOSTERONA. Se você acredita que está com alguma disfunção sexual, procure uma médica especializada ou terapeuta sexual para avaliar o que está acontecendo.

Pense nisso! Aproveita e compartilha essa informação, pois tem muitas mulheres precisando saber!


Dra Nathalie Raibolt

Ginecologista, especialista em Patologia Cervical e Vulvar

CRM 5288532-0

www.facebook.com/dranathalieraibolt

20 visualizações