Buscar

O que interfere na eficácia da pílula anticoncepcional

Em primeiro lugar, precisamos lembrar que não há método 100% seguro. No caso da pílula, a eficácia gira entre 91% e 99%, segundo estudos. Em segundo lugar, precisamos ressaltar que o que mais causa falhas neste método é o ESQUECIMENTO e a falta de disciplina! E não estamos falando de ficar dias sem tomar o comprimido. Existem pílulas que com apenas poucas horas de atraso já têm o seu efeito comprometido. O ideal, portanto, é tomar sempre no mesmo horário. Uma dica é usar o despertador do celular para te lembrar diariamente. Esquecer de tomar o comprimido por um dia e tomar dois no dia seguinte, começar a cartela com atraso, são "vacilos" que podem cortar totalmente o efeito do anticoncepcional. Diarreia ou vômito até duas horas após a tomada, uso abusivo de alcool e remédios, doenças que interfiram na absorção intestinal, tudo isso também pode prejudicar a eficácia deste método. Mas o principal fator é, realmente, a forma como a pílula é tomada! Portanto, se você não é lá muito disciplinada, o melhor é conversar com a sua ginecologista e considerar outros métodos contraceptivos.

Dra Nathalie Raibolt Ginecologista, especialista em Patologia Cervical e Vulvar CRM-RJ - 5288532-0 Confira mais assuntos relacionados à saúde feminina e sexualidade humana nas minhas redes sociais

www.facebook.com/dranathalieraibolt

@nathalieraibolt

14 visualizações